Foi marcada por muito glamour a festa em comemoração ao aniversário do Clube 17 

A diretoria reunida, os diretores Niceu Fantesia e Toni Maia, cortam o 

bolo de aniversário num momento especial da festa que comemorou

 os 39 anos do Clube 17 num clima tipicamente porteño, com

 quinteto, cantor e bailarinos trazidos diretamente 

de Buenos Aires.

 

 No melhor estilo,a noche tanguera demonstrou através da música

 e da dança 100 anos de história do tango. 

 

Quem foi � festa também pôde ouvir a marchinha composta especialmente

 para o Clube h� 25 anos e apresentada de forma inédita pelo

sócio fundador, engenheiro Hugo de Mattos Santos.

Show de Demián García e Carolina Bonaventura com o Quinteto Típico Buenos Aires

Fundo musical desta página: Milonga de Mis Amores (P.Laurenz), La Chiflada (A.Aieta),

Quejas de bandoneón (J.D.Filiberto) e Adiós Nonino (A. Piazzolla), na execução do

Quinteto Típico Buenos Aires. Espere alguns minutos para ouvi-las.

O Presidente Sergio V. Martins

agradece a presença de todos

qualificando o evento como

uma noite Inolvidável

 

A jornalista Márcia Telles, editora do Informativo Mensal do Clube Dezessete, 

em ampla matéria publicada no citado Informativo, neste início do mês 

de outubro de 2003, assim descreveu:

"Uma Noite Para Ficar na História"

A festa Una Noche Tanguera que comemorou o aniversário de 39 anos do Clube 17, no dia 20de setembro, foi uma das mais bonitas e glamourosas dos últimos tempos. Quem participou daquela noite foi brindado com um show de tango genuinamente argentino. Da música, dança, às roupas dos bailarinos, todas caracterizadas e belíssimas, o show contou, através do repertório e da dança, 100 anos de história do tango, desde 1895 at� os dias atuais, de Piazzolla.

“Todo o ambiente, desde a iluminação, a decoração, ao Quinteto Típico Buenos Aires, cantor e bailarinos porteños, a festa foi o retrato fiel do tango através dos tempos�, ressalta Ney Homero, diretor social do Dezessete e um conhecedor do assunto. O salão social com mais de 200 convidados se transformou numa verdadeira casa de tango, num clima típico de Uma Noche Tanguera, com as mulheres elegantemente vestidas em longos e os homens com seus ternos típicos. Nas mesas, o bife de chorizo com papas fritas, as empanadas, o choripan e os vinhos argentinos, deram lugar � culinária tradicional. 

“Quem foi, gostou muito� e disse para não deixar de convid�-lo para a próxima, conta o presidente Sergio Martins que foi parabenizado, em nome da diretoria, pela belíssima organização. 

A noite também reservou surpresas, como a apresentação em CD de uma marchinha composta especialmente para o Clube h� 25 anos e levada na festa pelo sócio fundador do Dezessete, Hugo de Mattos Santos, ex-Presidente da Cedae e ex-Secretário de Obras do Estado.

Em outra participação especial, o maestro Ubirajara Silva, homenageado pelo Clube 17, tocou um pout pourrie com quatro tangos. “O maestro que � o único genuinamente brasileiro do bandoneon a interpretar um repertório de tangos tipicamente argentinos,� foi também homenageado pelo Quinteto, com a interpretação do tango brasileiro “Milonga da Estrela Tuca�, uma música composta em parceria por ele e Ney Homero Rocha, autor da letra da milonga, também homenageado neste ato. "Uma festa inolvidável" definiu o Presidente Sergio Martins.   

Os tangueros bailaram ao som do quinteto e na voz do cantor Gabriel Dominguez

Os milongueros bailaram com elegância os tangos e milongas

A plástica e a elegância dos

bailarinos encantou a todos

Também eles deram um show 

na pista de baile

Os milongueros não perderam a oportunidade 

de dançar com a música ao vivo

Os dançarinos de salão bailaram outros ritmos com o DJ Luis Enrique.

Em p� a direita, o dançarino Rômulo, entre Cristina e seu irmão Ney.

E, os milongueros também curtiram os tangos com o DJ

Ney Homero no momento das

homenagens 

O maestro Ubirajara Silva homenageado,

tocando um pout pourrie de tangos (*)

 

 

O cantor Gabriel Dominguez 

emocionou a platéia e ...

... fez o público cantar junto com ele

Ney Homero e Cristina bailaram um tango canyengue de improviso e ...

... um outro tango fino de salão

Gabriel Dominguez cantando a Milonga da Estrela Tuca

O diretor Antônio Maia (Toni) com a esposa Leila e a mãe

Os diretores Octávio Lopes e Suely Fontenelle, com sua mãe 

(aniversariante) e o marido, o delegado João K. Fontenelle

A linda mesa do pessoal da hidroginástica comandada pela prof. Kênia

Na varanda ao redor da piscina sob o lindo toldo, 

uma belíssima mesa de convidados

No salão lotado, os convidados curtindo o baile. Sentados, em primeiro

 plano o prof. de dança de salão Fábio Venturini e sua esposa Esther e

 ao fundo a esquerda, a aniversariante Sylvia Ossaille do Club Argentino

Os tangueiros milonguearam a vontade no salão

O tango canyengue dos tempos da genêse tanguera, 

interpretado pelos lindo casal de bailarinos

A indumentária do casal de bailarinos Demian e Carolina caracterizava

O tango canyengue milonguero da época inicial da dança

E como não podia faltar, a 

elegância do tango clássico

bailado ao revés

O tango clássico e moderno do show e...

... o show em grande estilo (*)

O tango fantasia e ... 

... o tango de salão

O cantor Gabriel Domingues apresentando os músicos e os bailarinos

O Presidente Sergio Martins com o homenageado do Clube 17, o 

Maestro Ubirajara Silva e o Diretor Ney Homero em close e...

 ... também em corpo inteiro. 

***

Composição do Quinteto Típico Buenos Aires, 

cantor e bailarinos na festa de aniversário

do Clube 17 em 20 de setembro de 2003  

Alejo Gabriel Caramés

guitarrista, arreglador

 Walter Fabián Guerrero

 contrabajista

Adrián Javier Sánchez

bandoneonista

Luis Ariel Sava

 violinista

Norberto Daniel Vogel

 pianista, arreglador

 Gabriel Nazareno Domínguez

 cantante invitado

Bailarines 

Carolina Bonaventura
y
Esteban Demian Garcia Rufino
******

REPERTÓRIO DO QUINTETO TÍPICO BUENOS AIRES 

NA FESTA DE ANIVERSÁRIO DO CLUBE 17 EM 20 DE SETEMBRO, 2003 

Primeira parte  

1 - La Chiflada ( bailado )
2 - Milonguero Viejo
3 - Cafetín de Bs As ( cantado )
4 - Sur ( cantado )
5 - El pañuelito
6 - Milonga de mis amores ( bailado )
7- Danzarín
8 - Invierno Porteño
9 - Volver ( cantado)
10 - Tinta Roja ( cantado )

 Intervalo (DJ com todos os ritmos para bailar)

 Segunda parte - ao vivo

11 - Nocturna
12 - La Yumba ( bailado)
13 - A Don Agustín Bardi
14 - Uno ( cantado )
15 - Por una Cabeza ( cantado )
16 - Adiós Nonino
17 - El Choclo
18 - Quejas de Bandoneón ( bailado )

19 - Milonga da Estrela Tuca (cantado) - incluso extra repertório
20 - Popurr� de canciones ( A media luz, Caminito y El Dia que me quieras )

Bizes:

21 - La Cumparsita

22 - Libertango

 

***

 

CD´s do Quinteto Típico Buenos Aires podem ser adquiridos 

através do e-mail: sava@fibertel.com.ar

 

***

Veja aqui como foi divulgado este grande evento

 

Volver a la galeria de fotos - menu

 

Volver a la página inicial

 

 Rio de Janeiro, RJ, 03 outubro de 2003

 

(*) fotos obtidas através do site do boletin RioTango

 

  Demais fotos: Márcia Telles e Luis Sava � Clube 17, 2003